Sexta-feira, 8 Dezembro 2023

#informaçãoSEMfiltro!

Reformulação do nó de Santo Ovídio dá início à futura avenida até ao mar

-

A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia assumiu como objetivo estratégico estender o centro da cidade para sul e tornar o acesso à orla marítima mais fácil e rápido, sendo que, desde o início, a barreira formada pela A1 era um obstáculo à concretização deste plano que revolucionaria a mobilidade no concelho. As circunstâncias atuais mudaram os paradigmas e a autarquia gaiense decidiu avançar com a obra de reformulação do nó de Santo Ovídio, aproveitando, assim, as intervenções que estão a decorrer nesta zona, como a construção da extensão da Linha Amarela do Metro do Porto até Vila d’Este. Recorde-se que, com mais de cinquenta anos, este nó mantém as suas características geométricas inalteradas desde que foi executado o primeiro troço da A1, associado à construção da Ponte da Arrábida. 

Está, assim, a decorrer a bom ritmo a obra de reformulação do nó de Santo Ovídio, cuja principal intervenção se concretizará pela construção da nova rotunda norte. Num valor superior a 2,2 milhões de euros, esta obra visa a remodelação da metade norte deste nó, assim como a substituição da ligação provisória entre a rotunda sul e a rua Laborim de Baixo, dando início à futura avenida até ao mar, que já tem um troço em execução na freguesia da Madalena. De salientar que nesta obra foi ainda incluído o desvio de uma linha de água com o prolongamento de uma passagem hidráulica existente numa extensão aproximada de 75 metros. 

Deste modo, esta obra vem colmatar dois dos maiores desafios ao nível da mobilidade do centro urbano de Gaia. Por um lado, a nova rotunda vai permitir o acesso à Ponte da Arrábida, evitando o acesso automóvel à atual rotunda de Santo Ovídio. Por outro lado, e como já referido, este será o primeiro troço da avenida até ao mar, com uma nova saída para Laborim de Baixo.

partilhar este artigo