Sábado, 18 Maio 2024

#informaçãoSEMfiltro!

-

Projeto arranca na próxima segunda-feira, na escola básica do Cedro

No âmbito do programa «Meu bairro, minha rua», e com base na auscultação feita aos moradores do Quarteirão do Cedro, em Mafamude, verificou-se que uma das principais preocupações da população se prende com os constrangimentos ao nível do trânsito, provocados, sobretudo, pelo transporte dos alunos à Escola Básica do Cedro e pela circulação dos veículos em excesso de velocidade.

Neste sentido, desde a passada segunda-feira, 13 de fevereiro, este estabelecimento de ensino será o primeiro em Vila Nova de Gaia a implementar o projeto-piloto da Câmara Municipal de acalmia de tráfego em bairros habitacionais, designado por «Zonas 30 | Kiss & Go», que consiste na criação de zonas de entrada e saída dos alunos e na alteração dos limites de velocidade. Neste sentido, com a criação de uma zona 30, onde a circulação automóvel não pode exceder os 30km/h, pretende-se melhorar a segurança pedonal dos moradores e utilizadores do espaço público, promover a vivência urbana do bairro e aumentar a consciencialização para as temáticas da mobilidade e descarbonização. Por sua vez, a zona «Kiss & Go» (devidamente sinalizada de modo a que a sua localização e respetiva função sejam percetíveis) vai melhorar as condições para os encarregados de educação deixarem os alunos junto à entrada da escola, de forma rápida e segura, permitindo uma maior fluidez na circulação automóvel na zona, sendo que é obrigatório o cumprimento de um conjunto de regras, nomeadamente: parar a viatura apenas na zona demarcada no pavimento; parar apenas pelo tempo estritamente necessário para a tomada e largada de alunos; assim que estes saiam da viatura e entrem na escola, o condutor deve seguir viagem e disponibilizar o local para os restantes encarregados de educação, sempre com atenção ao trânsito; e, por fim, assim que os alunos entrem no carro e esteja colocado o cinto de segurança, o condutor deve disponibilizar o local.

Seguir-se-ão outros estabelecimentos de ensino, nomeadamente a EB Joaquim Nicolau de Almeida e a escola secundária Almeida Garrett, ainda durante o mês de fevereiro e início do mês de março. 

partilhar este artigo