12.8 C
Vila Nova de Gaia
Domingo, Abril 18, 2021

O que é a epidemiologia e para que serve

Conteúdo Exclusivo para Assinantes

Salvador Massano Cardoso

Professor Catedrático Aposentado de Epidemiologia e Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra

As palavras epidemiologia, epidemiologistas, epidemias e pandemias tornaram-se de tal forma comuns que já fazem parte do nosso léxico. Tudo por causa da atual pandemia. Tal como o vírus em causa, vieram para ficar.

A epidemiologia é uma ciência, mas deve ser considerada como uma disciplina, verdadeiro instrumento de trabalho e de investigação para os profissionais de saúde.

A epidemiologia moderna nasceu em meados do século dezanove e traduz, na sua essência, a incorporação do método científico na área da medicina, a última área do conhecimento humano a ser cientificada. Foram precisos três séculos! De qualquer modo a medicina nunca irá ser cientificada por múltiplas razões, já que as crenças, os mitos, a cultura e a tradição vão continuar a impor os seus ritmos e interpretação dos fenómenos. Mesmo assim, a medicina moderna nasceu a partir daquele momento de uma forma notável. Com os métodos epidemiológicos foi possível “construir” as doenças e identificar os determinantes da saúde e da doença, possibilitando o estabelecimento de medidas de higiene e de prevenção coletiva e individual assim como modificação de comportamentos e atitudes de risco. Estas medidas determinaram num curto espaço de tempo mais saúde, mais bem-estar e maior longevidade.

Os métodos científicos subjacentes à prática epidemiológica continuam a ser praticados a vários níveis e em todas as especialidades médicas, e não só em matéria de saúde pública. As áreas das doenças degenerativas, nomeadamente cancro e doenças cardiovasculares, enriqueceram-se de forma extraordinária a ponto de conhecermos os principais fatores de risco e, consequentemente, despertar a atenção e os cuidados a ter para a tomada de medidas de caráter preventivo.

A epidemiologia tem esse “condão”. É obrigação dos epidemiologistas contribuir com os seus conhecimentos, métodos científicos e princípios humanistas para o bem-estar e saúde dos seres humanos.

A vida acima de tudo, mas com saúde e bem-estar. A epidemiologia também ajuda a alcançar estes desideratos…

Este conteúdo é apenas para assinantes

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Siga-nos

12,133FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

PSD: Rui Silva é o candidato à Junta de Freguesia de Vilar de Andorinho

A Comissão Política do PSD Gaia, reunida hoje para discutir e votar os candidatos às assembleias de freguesia, nas próximas eleições autárquicas aprovou o...

PSD: José Manuel Couto é o candidato à Junta de Freguesia de Serzedo e Perosinho

A Comissão Política do PSD Gaia, reunida hoje para discutir e votar os candidatos às assembleias de freguesia, nas próximas eleições autárquicas aprovou o...

PSD: Manuela Palma Barbosa é a candidata à Junta de Freguesia de Pedroso e Seixezelo

A Comissão Política do PSD Gaia, reunida hoje para discutir e votar os candidatos às assembleias de freguesia, nas próximas eleições autárquicas aprovou o...

PSD: Vasco Bezerra é o candidato à Junta de Freguesia de Arcozelo

A Comissão Política do PSD Gaia, reunida hoje para discutir e votar os candidatos às assembleias de freguesia, nas próximas eleições autárquicas aprovou o...

Deputada Diana Ferreira (CDU) defendeu em Gaia urgência nas «vacinas para todos»

Diana Ferreira, deputada do PCP na Assembleia da República, andou hoje pelas ruas de Gaia, em defesa da necessidade urgente de "concretizar, o mais...

Mais artigos de

Opinião

X