12.8 C
Vila Nova de Gaia
Domingo, Abril 18, 2021
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

AMARGAIA lança Gabinete de Apoio à Comunidade como instrumento de proximidade à população

A AMARGAIA – Associação para o Desenvolvimento de Gaia lançou o Gabinete de Apoio à Comunidade (GAC), que tem como objetivo principal promover respostas de proximidade à população em geral, com enfoque nas comunidades mais carenciadas e/ou vulneráveis. A associação pretende assim “combater as situações de vulnerabilidade, pobreza, exclusão social e marginalidade junto de crianças, adultos, pessoas idosas isolados e/ou dependentes e pessoas portadoras de deficiências”.

Em comunicado, a AMARGAIA afirma que “com a execução deste gabinete pretende-se fornecer atendimento e acompanhamento em áreas de maior necessidade para apoiar a(s) família(s) através do fornecimento de roupas, produtos de higiene, produtos alimentares, pequenas reparações nas habitações e a prestação de consultas de psicologia a preços sociais.” Diz ainda que “para além de bens essenciais também nos disponibilizamos a prestar acompanhamento aos cidadãos na procura de emprego, tendo para consulta semanalmente as ofertas de empregos e formação disponíveis para os gaienses.” Com este apoio, pretende a associação ajudar na respetiva candidatura com a elaboração de currículos e/ou acesso a ferramentas online de procura de emprego que podem potenciar a (re)integração no mercado de trabalho, tão dinâmico e em mudança que temos atualmente.

Afirma ainda a AMARGAIA que “este trabalho só é possível se realizado em parceria e em rede, por isso, caso a situação seja mais complexa ou o(s) agregado(s) tenha(m) diversas necessidades pretendemos, mesmo que fora da nossa área de ação dar resposta. Se não for possível com os nossos recursos recorremos aos nossos parceiros como as Juntas de Freguesia/União de Freguesias através dos respetivos gabinetes de ação social”.

Este projeto surge após o levantamento de várias necessidades, que têm sido agudizadas pela situação desafiante que a pandemia nos trouxe. “É importante salientar que o SNS considera a saúde mental como prioridade estratégica e complementar à sinalização e intervenção da primeira linha dos serviços de saúde primário”.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Outras Notícias

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Siga-nos

12,133FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Opinião

X