Sábado, 18 Maio 2024

#informaçãoSEMfiltro!

54 anos do Teatro Amador de Sandim

-

Foi na passada sexta-feira, dia 14 de maio, que foi celebrado o 54º aniversário do Teatro Amador de Sandim. O jantar, realizado no Centro Social Luso Venezolano, apresentou casa estava cheia, num ambiente onde se fazia sentir o orgulho sandinense. 

Depois de dois anos de pandemia esta instituição, que é considerada uma das mais importantes de Vila Nova de Gaia, voltou a festejar o seu aniversário. Durante o seu discurso, Manuel de Azevedo, Presidente da União de Freguesias de Sandim, Olival, Lever e Crestuma salientou que apesar dos últimos anos de “boca tapada”, irá “fazer de tudo para que as coletividades sintam apoio moral, para que mantenham as portas abertas, pois é isso que faz falta”.

Ao longo de todo o jantar foram ouvidos testemunhos bastante animados dos elementos do grupo cénico e de alguns convidados. 

Na cerimónia estiveram várias coletividades da freguesia de Sandim e ainda o Vice-Presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Patrocínio Azevedo, que deixou algumas palavras. “Este é um aniversário especial, é o primeiro ano pós pandemia e só mostra a persistência que existe nestas pessoas que trabalharam para que o Teatro Amador de Sandim nunca fechasse as portas e estivesse presente nesta noite.” Evidencia ainda que: “é tão bom estar no aniversário de uma coletividade e ter as outras coletividades todas presentes. É sinal de união, é sinal de que as pessoas gostam de estar em harmonia. E nestes aniversários, estas presenças fazem notar isso mesmo, por isso, os meus parabéns a todas as instituições de Sandim, por estarem aqui presentes.” 

Nesta noite cheia de surpresas e boa disposição, sobretudo com a utilização do humor, foram exibidas algumas atuações, por parte dos colaboradores do T.A.S, sendo um delas a apresentação do “ANUS”.  Uma sátira representada por um grupo que irá “concorrer” às próximas eleições para a Junta de Freguesia e com promessas de campanha como a “iniciação da pesca no Rio da Candieira”, com a ressalva de que de que “cada cidadão sandiense apenas pode pescar três peixes de cada vez.”  

O T.A.S tem muitos mais planos para concretizar ao longo deste ano, como é o caso do Fest’Arte 2022, que termina já no dia 11 de junho. É de salientar ainda que a coletividade, para além do teatro, possui atividades desportivas como o futebol, o taekwondo e o bilhar, sem esquecer todas as valências do Centro Social. 

partilhar este artigo