arquivoAlojamento Local com falta de "oxigénio" pede reforço ao...

Alojamento Local com falta de “oxigénio” pede reforço ao Govern

-

- Advertisment -spot_img

O presidente da Associação do Alojamento Em Portugal (ALEP) pediu ao Governo um reforço “emergente” de apoios às micro e pequenas empresas, porque precisam de “oxigénio” para resistir à “reta final” de uma “maratona dificílima” devido à covid-19.

“Aquilo que é fundamental em termos práticos, no caso do turismo e do Alojamento Local, especificamente, é reforçar a verba da linha de crédito do Turismo de Portugal, voltar a reforçar as verbas do [Programa] Apoiar que acabou, e olhar para alternativas de apoio para os empresários em nome individual, sem contabilidade organizada”, declarou o presidente da ALEP, Eduardo Miranda.

Em entrevista à Lusa, a propósito da situação atual do Alojamento Local, Eduardo Miranda diz que está a haver “escassez de ajuda” para as micro e pequenas empresas e para os empresários em nome individual e sem contabilidade organizada, porque as medidas criadas no âmbito do Programa Apoiar “acabaram” e o “fundo do Turismo de Portugal também está a acabar”.

“Não deitem a perder todo o trabalho que foi feito pelo próprio Governo, todo o esforço e sacrifício pelos empresários, pelos funcionários nos últimos meses, nesta reta final da crise”, apelou.

Eduardo Miranda disse que o setor precisa de “fôlego” e “oxigénio durante mais alguns meses”, para que se comece a realizar uma retoma gradual e depois os empresários, por si só, pela atividade, consigam começar a sua recuperação.

“Estamos numa situação absolutamente crítica. São os últimos meses de uma maratona dificílima, onde as empresas fizeram um esforço enorme, onde o Estado fez um esforço enorme, e não podemos deixar que na reta final esse esforço seja em vão”, frisou.

“Se não houver estes apoios nos próximos meses podemos estar a destruir aquilo que é a base de uma das industrias, uma das atividades mais importantes do país”, acrescentou.

O presidente da ALEP recorda que, no início da crise, houve uma “preocupação grande” com o turismo em “termos de fundos e de apoios”, mas que essa preocupação não se vê atualmente e os fundos apresentados mostram-se “claramente insuficientes”.

Questionado pela Lusa sobre se considera que o setor do turismo e AL estão devidamente consagrados no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) em consulta pública, Eduardo Miranda assume que “não está claro” e parece que é até um “certo tabu” falar em apostar no turismo.

“É fundamental continuar a apostar na mudança estratégica do turismo de sustentabilidade, diferenciador. Portugal já estava a fazer esse caminho, mas é preciso consolidar. Portugal pode continuar a demarcar-se como um dos destinos mais diferenciadores ou de topo no turismo mundial”, defendeu.

O Programa Apoiar foi criado em 2020 e é um programa de subsídios a fundo perdido para as empresas (micro, pequenas e médias) dos setores mais afetados pelas restrições impostas em resposta à pandemia covid-19em Portugal. O apoio encontra-se dividido em duas modalidades, o Apoiar.pt e o Apoiar Restauração, sendo possível uma candidatura simultânea a estes dois apoios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest news

AMP quer ‘plano B’ para transportes caso diferendo com Gondomar não se resolva

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto (CmP) assegurou hoje que vai levar até “às últimas consequências o esforço...

Assistente administrativa detida por burla

A PSP deteve em Vila Nova de Gaia, uma assistente administrativa por alegada falta de pagamento de serviços prestados,...

Suldouro retoma este mês entrega de contentores para reciclagem em Gaia

A Suldouro, operadora de resíduos nos concelhos de Vila Nova de Gaia e Santa Maria da Feira, garantiu hoje...

Mulher morre atropelada por autocarro na N222 em Vilar de Andorinho

Uma mulher de cerca de 80 anos morreu hoje depois de ter sido atropelada por um autocarro em Vilar...
- Advertisement -spot_imgspot_img

Lançado concurso público de conceção e construção da nova ponte sobre o rio Douro

O concurso público de conceção e construção da nova ponte rodoviária sobre o Douro, que vai ligar o Porto...

Pontos essenciais das variantes classificadas de preocupação presentes em Portugal

Das centenas de mutações do SARS-CoV-2 detetadas durante a pandemia, a atenção das autoridades de saúde recai em quatro...

Must read

- Advertisement -spot_imgspot_img

You might also likeRELATED
Recommended to you