arquivoAs crónicas da minha terra

As crónicas da minha terra

-

- Advertisment -spot_img

Benjamim Almeida

Natural de Sandim

As «capelas» de Sandim

Esta semana escrevo sobre os tascos, que na minha juventude chamava-mos de “capelas”, que existiam, e em alguns casos ainda existem, na minha terra.

No lugar de Sá, ainda hoje existe o tasco do Espeta, que mantem o mesmo e conhecido traço arquitetónico desde a sua abertura. Este estabelecimento, conhecido por vender os melhores tremoços e servir os melhores paralelos da região (uma bebida feita na hora e constituída por gasosa, vinho branco e açúcar) é, atualmente, explorado pelas filhas do falecido proprietário.

Seguindo depois a rua principal, em direção ao centro da freguesia, no lugar do Espinheiro, existia o tasco do Ramos, que vendia uma das bebidas mais conhecidas na época, o pirolito. Era aqui que eu e os meus amigos passava-mos muito do nosso tempo. Entretanto, foram feitas algumas obras, passou a ser um café e mais tarde fechou.

Um pouco mais acima havia o tasco do Melo, que fazia as famosas pataniscas de bacalhau, contando ainda no cardápio com a «punheta de bacalhau» feita pela dona Alice. A título de curiosidade, foi por exemplo neste tasco, que eu vi pela primeira vez uma televisão á minha frente. Após a morte do Sr. Melo, a filha tomou conta do negócio, mas acabaria por fechar as portas, para tristeza dos clientes mais antigos.

Em S. Miguel-o-Anjo, havia o tasco do Rouquinho, conhecido na freguesia por ser o primeiro a ter televisão e telefone no seu estabelecimento, local onde ao Domingo à tarde se faziam bailaricos. Era aqui o ponto de encontro dos rapazes e raparigas da freguesia e de outros locais vizinhos.

Também existia, e ainda existe, no lugar da Candeeira a mercearia do Zeca da Gracinda, que servia o bacalhau salgado, acompanhado pelo bom vinho, vindo diretamente do pipo.

No largo da Igreja havia a Quina do Lopes, conhecida pelo seu bom bagaço e pelas paciências que vendia. Este tasco possuía nas suas traseiras um alambique, onde faziam o bagaço que vendiam no espaço comercial. Todos os domingos, no final das Missas, era este o ponto de encontro das pessoas de Sandim, que ali faziam as suas tertúlias sobre o que acontecia na freguesia.

No lugar do Tourão existia o tasco do Piolho, ponto de paragem do povo da minha terra, acompanhado pelos forasteiros que vinham para ver o futebol ao campo dos Dragões Sandinenses, aproveitando para beber os seus famosos paralelos e comer alguns dos seus petiscos.

No lugar do Marco existia o tasco do Couceiro, que servia sobretudo a população do lugar. Neste local costumava juntar-se um grupo de amigos para «jogar uma cartada».

Em Gestosa havia o tasco do Bertelinha, que tal como praticamente todos os outros da freguesia, além de tasco, servia como mercearia para abastecer a população da freguesia.

Havia ainda o Quarteirão, como era conhecido o tasco instalado no lugar de Aldeia Nova, fechou e acabou por dar lugar a um café.

Peço desculpa se me esqueci de algum, que se aconteceu não foi por mal, mas fica aqui um retrato de muito do que a minha terra tinha para oferecer à sua população. É com muita pena que vejo fechar estes autênticos símbolos da cultura de Sandim.

Um abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest news

AMP quer ‘plano B’ para transportes caso diferendo com Gondomar não se resolva

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto (CmP) assegurou hoje que vai levar até “às últimas consequências o esforço...

Assistente administrativa detida por burla

A PSP deteve em Vila Nova de Gaia, uma assistente administrativa por alegada falta de pagamento de serviços prestados,...

Suldouro retoma este mês entrega de contentores para reciclagem em Gaia

A Suldouro, operadora de resíduos nos concelhos de Vila Nova de Gaia e Santa Maria da Feira, garantiu hoje...

Mulher morre atropelada por autocarro na N222 em Vilar de Andorinho

Uma mulher de cerca de 80 anos morreu hoje depois de ter sido atropelada por um autocarro em Vilar...
- Advertisement -spot_imgspot_img

Lançado concurso público de conceção e construção da nova ponte sobre o rio Douro

O concurso público de conceção e construção da nova ponte rodoviária sobre o Douro, que vai ligar o Porto...

Pontos essenciais das variantes classificadas de preocupação presentes em Portugal

Das centenas de mutações do SARS-CoV-2 detetadas durante a pandemia, a atenção das autoridades de saúde recai em quatro...

Must read

- Advertisement -spot_imgspot_img

You might also likeRELATED
Recommended to you