22.7 C
Los Angeles
Quarta-feira, Maio 18, 2022

PUTLER tornou a Guerra nossa

  Estamos em Guerra.  Não é uma coisa deles,...

3D: Ditadura do dualismo digital

As cores, aprendemos na escola, resultam de...

Uma águia que faz das tripas coração

Não há jogos que salvem temporadas, até...
IníciozAviso amarelo para vários distritos devido ao vento, chuva, neve e agitação...

Aviso amarelo para vários distritos devido ao vento, chuva, neve e agitação marítima

Vários distritos de Portugal continental vão estar hoje e na quarta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte, agitação marítima, chuva e queda de neve, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos do Porto, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar sob aviso amarelo entre as 00:00 e as 06:00 de quarta-feira devido à previsão de vento forte do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora (km/hora) no litoral e nas terras altas.

De acordo com o IPMA, sob aviso amarelo estão também os distritos de Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Setúbal, Santarém, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Braga devido à previsão de chuva persistente, por vezes forte, entre as 00:00 e as 21:00 de quarta-feira.

Sob aviso amarelo estão também os distritos da Guarda e Castelo Branco devido à queda de neve acima de 1.400/1.600 metros até às 12:00 de hoje.

O IPMA emitiu ainda um aviso amarelo para os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga entre as 18:00 de hoje e as 21:00 de quarta-feira devido à previsão de agitação marítima, com ondas de oeste/sudoeste com 4 a 5 metros, passando gradualmente a ondas de noroeste.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Por causa da agitação marítima, nove barras de Portugal continental estão hoje fechadas à navegação e outras duas condicionadas.

As barras marítimas de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Douro, Figueira da Foz, Cascais e Ericeira estão fechadas a toda a navegação.

De acordo com a Marinha, as barras marítimas de Aveiro e Viana do Castelo estão condicionadas a embarcações com comprimento a 35 e 30 metros, respetivamente.

Na segunda-feira, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) alertou para o agravamento das condições meteorológicas e da agitação marítima na costa oeste, a partir das 12:00 de hoje e até às 12:00 de quinta-feira.

Em comunicado, a AMN explicou que a agitação marítima dos próximos dias vai ser “caracterizada por ondulação proveniente do quadrante noroeste, com altura significativa que poderá atingir os cinco metros e altura máxima de nove metros”.

O vento pode ser, em média, superior a 65 quilómetros por hora, com rajadas superiores a 90 quilómetros por hora no quadrante sudoeste”.

Por isso, a AMN recomenda “a toda a comunidade marítima e à população em geral um estado de vigilância permanente no mar e nas zonas costeiras”.

A AMN recomenda também reforço da amarração e a “vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas”. Devem também ser evitados passeis junto ao mar e à orla costeira, nas arribas e nas praias, e a “prática de atividades lúdicas” nas zonas expostas à agitação marítimas ou a “pesca lúdica”.

Na segunda-feira, a forte agitação marítima destruiu uma casa desabitada no Lugar das Pedrinhas, na Apúlia, concelho de Esposende, no distrito de Braga.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

últimas notícias

outras notícias